Angola e RDC privilegiam segurança e ordem pública

O Presidente da República, João Lourenço, manifestou ontem, em Luanda, a intenção de relançar a cooperação com a República Democrática do Congo nos domínios da defesa, segurança e ordem pública, sem deixar de parte o reforço da cooperação no plano económico. Falando aos jornalistas no Jardim do Palácio Presidencial, no termo das conversações com o homólogo da RDC, Félix Tshisekedi, em visita de Estado ao país, João Lourenço disse que a cooperação no domínio da segurança se justifica pelo facto dos dois países se encontrarem numa zona considerada turbulenta, a chamada Região dos Grandes Lagos, por um lado e o Golfo da Guiné, por outro lado.

O Presidente da República manifestou também o interesse em discutir e negociar formas de Angola poder beneficiar da energia produzida pela Barragem do Inga para Cabinda e outras localidades fronteiriças da província do Zaire. Pretende-se igualmente explorar, da melhor forma, a utilização do Caminho-de-Ferro de Benguela e o Porto do Lobito, não só para o escoamento dos minérios exportados de Katanga para os mercados internacionais, mas também para servir de porta de entrada das importações para a RDC.

Fonte: Jornal de Angola

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *